Pular para o conteúdo principal

Porque o Salto Alto é tão “Poderoso”?

Porque o salto é tão poderoso

Olá, tudo bem? Espero que sim!
Esse post dedico à um dos meus leitores assíduos Maurício S. Sanchez, que sempre deixa comentários que me incentivam a escrever. Há algum tempo, acho que já tem 1 ano aproximadamente ou mais, ele me solicitou um texto sobre Porque os saltos altos são tão “Poderosos”?. E aqui estou eu! 

Andei meio sumida aqui do Blog, para quem me acompanha há algum tempo deve ter percebido a baixa na frequência dos posts, que já não eram tantos srsrs. Não tenho colaboradores no Blog, todos os posts são escritos por mim e alguns leitores sabem que além do Blog gerencio a Loja Swany's Lingerie.

Nos últimos dois anos com a pandemia tivemos que mudar alguns processos e nos adaptar a nova realidade. Situação que acabou demandado mais trabalho, mas não esqueci do Blog e nem de nenhum leitor que entra em contato comigo sugerindo conteúdos ou solicitando conselhos.

Fiz a pesquisa sobre o tema solicitado e espero que todos gostem do resultado!

Primeiro vou falar da história do salto alto, sua origem. É fundamental para que possamos entender como esse objeto chegou e ficou na sociedade ao longo da história, e porque ele mexe tanto com o imaginário humano ao ser combinado com uma roupa elegante ou lingerie sensual.

A História do Salto Alto

Maquina de escrever antiga
Não há registro do criador do salto alto, mas a história conta que o primeiro registro do uso do salto foi encontrado no Egito 3500 a.C. A maioria do povo egípcio andava descalço, mas há registros na história de algumas figuras pintadas utilizando sandália com salto. Alguns pesquisadores contam que alguns açougueiros no Egito usavam uma sandália com a sola mais alta para não ter contato com a lama e o sangue durante o trabalho.

Ao longo da história o salto alto aparece em diferentes momentos, não como um acessório de moda, mas como um objeto para suprir alguma necessidade da época ou de alguma figura importante de seu tempo.

Grécia

Torres de Roma

Na Grécia antiga usava-se sapatos de sola alta feitos de madeira ou cortiça, seu uso era popular entre os atores de teatro. Quanto mais alto o salto, maior era o prestígio do ator.

Roma

Construção histórica de Roma

Na Roma antiga, o uso do salto Kothorni era indicativo de sexo. A prostituição era uma atividade legal e as prostitutas eram frequentemente identificadas pelo uso do salto. O Salto Kothorni era semelhante aos saltos plataforma da atualidade.

Idade Média

Cavaleiro e armadura da era medieval

No período medieval os saltos com sola de madeira foram unidos aos sapatos de tecido, deixando a peça mais estável, além de proteger melhor os pés. O sapato possuía uma sútil elevação no calcanhar, servia para evitar o atolamento dos pés na lama.

Nesse período o salto foi de grande ajuda aos cavaleiros da Pérsia por volta de 1500 d.C, a extremidade mais alta das botas dava maior equilíbrio na hora de atirar flechas.

Ainda na idade média, o salto foi inserido na França pela Catherine de Médici, ela foi uma das primeiras mulheres a apostarem no uso do salto. Porém a popularização do salto foi trazida pelo Rei da França Luís XIV. Ele não se agradava muito de sua estatura, com apenas 1,60m de altura, viu no salto uma forma de ficar mais alto. Movido pelo complexo gerado por sua baixa estatura resolveu aumentar a altura dos saltos. O rei Luís XIV abusava do luxo, com boas roupas, peruca e saltos para passar uma imagem de poder e grandeza. Então o salto alto foi atribuído como regra no vestuário da época, para gerar distinção entre nobres e plebeus. Apenas membros da realeza tinham autorização para usar salto. Estratégia usada para gerar manipulação política e ideológica.

A partir da popularização do salto na França, esse adorno de tantas utilidades foi se adaptando até chegar ao que temos hoje.

Mas, e a pergunta inicial Flávia? Bom vamos a ela agora que você já aprendeu sobre a história do salto!

Porque o Salto Alto é tão Poderoso?

O salto esteve presente em vários momentos da história, mas o uso dele em cabarés de Can-can do século 19 trouxe sua sexualização. 

Mulheres seminuas, com roupas extravagantes de cores quentes, com meias arrastão e salto agulha. Todas essas características, com certeza mexe com o imaginário masculino, ainda mais por ser inserido em uma sociedade recatada, onde as mulheres de família não poderiam ser extravagantes.
Podemos dizer que os cabarés da época trouxeram esse impacto, mexendo com o desejo e imaginário humano. Esse é o poder do salto, a elegância sexual.

Dançarinas de can-can
Ninguém imagina uma mulher de espartilho calçada com uma sapatilha ou chinelo!

O salto alto está intrinsicamente ligado à sensualidade e poder, essas características se deu devido ao seu uso por mulheres que frequentavam os cabarés Franceses. 
O Sexo, a luxuria e o poder são três elementos presentes na história do salto alto!
Um acessório ligado ao submundo, ao proibido e isso fascina o ser humano, esse é o poder do salto alto!

É isso caro leitor! 

Maurício, espero ter respondido sua pergunta e que o post tenha ficado do seu agrado. 
Aguardo seu Feedback, gosto dos seus comentários e de todos os comentários que recebo quase que diariamente.

Me alegra muito ler os comentários de todos vocês!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É normal homem usar calcinha?

Você sabe qual é o volume do seu seio?

Saiba as cores de Lingerie que mais excitam os Homens